02/10/2011

Espantalho as margens da estrada do Paraíso chama a atenção dos motoristas



Bem trajado e usando mala, as vezes provoca a parada de transportes de passageiros


Depois do “susto” dos motoristas que trafegam no trecho Cansanção/Monte Santo, com aquela vaca morta e “de pé”, agora, quem viaja pela BA 131, a 500 metros do contorno com a BR 324, sentido Serrolândia, vai se deparar com “Joãozinho”, um espantalho bem vestido, com uma mala na mão e com o outro braço esticado pedindo carona.


Este boneco está montado as margens da rodovia, na Fazenda Pilões, Distrito de Paraíso, município de Jacobina. Segundo o aposentado Cassimiro de Jesus, 70, “Joãozinho” nasceu para assustar as galinhas e os passarinhos que estavam arrancando a plantação feita por ele numa nesga de terra pertencente ao DERBA e aproveitada por sua família para plantar nos períodos de inverno, pois fica em frente de sua casa.



Espantalho temático. O agricultor e criador disse que nos festejos juninos vestiu o boneco de caipira e pretende vesti-lo de papai noel no natal

“Joãozinho” tem um ano e dois meses que está lá, com sua camisa de manga cumprida, calça preta, boné e com mão esticada, pedindo carona. O cobrador de transporte alternativo Antonio Rios, residente em Serrolândia, disse ao CN, que os motoristas que fazem esta linha, inclusive dos ônibus da São Luiz, já pararam os carros pensando que era uma pessoa e ao verificar que é boneco, torna motivo de “chacota” com os passageiros.


O agricultor conhecido por Tonho, um dos filhos de “Seu Cassimiro”, foi mais além e destacou a popularidade de “Joãozinho” e o ponto já é conhecido, como “ponto do boneco” e que constantemente as pessoas param seus veículos para tirarem fotos, a exemplo do que fez “Seu Cassimiro”, com membros da sua família.

O boneco foi montado num tronco de árvore conhecida na região como “mão Z” e que mantém o formato de uma pessoa. Zelada, a arvore permanece viva e provocando susto, risos e alegria de quem passa pelo trajeto, a exemplo dos passageiros que viajam no ônibus da São Luiz que fazia na tarde de sábado a linha Jacobina/Capim Grosso, no momento que a equipe de reportagem se encontrava no local.

Por Valdemí de Assis/ fotos: Raimundo Mascarenhas

Um comentário: