06/03/2018

Lula cobra investigação do MP contra Globo e mulher de Moro



Condenado a mais de 12 anos de prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a afirmar que sua inocência "vai prevalecer". Em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã de hoje, o petista cobrou investigação do Ministério Público em relação às denúncias que apontam que a TV Globo recebeu propina para o pagamento de direitos de transmissão de competições como as copas América e Libertadores.

"O processo é como se estivéssemos no tempo da inquisição. ʹEu não preciso de provas, eu só tenho convicção de que não quero ele mais na Presidênciaʹ, e não é assim. Quero saber se o MP vai investigar corretamente esse negócio da Globo, a transmissão do futebol, a Fifa... Quero saber se a imprensa vai atrás do Duran [Tacla Duran, ex-advogado da Odebrecht] que está acusando o [Sérgio] Moro e a mulher dele. Ele diz que não conversa porque o cara é acusado. Quando é para conversar com os ladrões que estão fazendo delação, quando é com os que acusam, não pode", apontou.

Fonte/Reprodução: Metro 1
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil


0 comentários:

Postar um comentário