14/07/2018

Membros do CONDEMA fazem visita ao aterro controlado para averiguar denúncias


Os membros do CONDEMA e representantes de outras entidades estiveram neste dia 10 de julho, fazendo uma visita ao aterro controlado para averiguar as denúncias que foram veiculadas recentemente.

Mediante as denúncias, técnicos da Prefeitura Municipal de Jacobina, também estiveram no local, para averiguar se de fato o chorume estava chegando ao Riacho de Suzano, que desemboca na Lagoa de Antônio Teixeira Sobrinho, sendo constatado visualmente que o chorume não escorre ao Riacho. Outro fator importante é que, a distância do Riacho de Suzano e o aterro é de 280m, e a declividade é de 1,78%, caracterizando uma baixa declividade, bem como, o solo do aterro controlado é classificado como latossolo vermelho-amarelo distrófico, o qual possui alto teor argiloso, o que caracteriza baixa permeabilidade. Estas características diminuem o potencial da pluma de contaminação de chorume.


A Prefeitura Municipal de Jacobina, desde 2017, vem ampliando os investimentos na disposição final dos resíduos sólidos, sempre buscando atender as recomendações do Ministério Público Estadual. Dentre estes investimentos está o fechamento de 06 lixões no interior do município, o que aumenta o custo de transporte dos resíduos, porém, mitiga o impacto ambiental gerado na disposição desses resíduos em lixões a céu aberto, passando a ser destinado no aterro controlado localizado na sede do município.

Ascom/PMJ


0 comentários:

Postar um comentário