23/11/2018

Câmara de Jacobina: começa a corrida a presidência



Na sessão da última quinta-feira (22) o vereador Eduardo Ribeiro lançou seu nome para concorrer a presidência da Câmara de Vereadores de Jacobina para o biênio 2019/2020.

No início deste ano o vereador Antonio Batista (Batista do Junco), começou a trabalhar seu nome buscando retornar a presidência da Casa, porém com o lançamento da candidatura de Eduardo, Batista decidiu se afastar do processo e apoiar o nome de Eduardo. Outro apoio importante declarado na mesma sessão foi o do atual presidente Noelson Oliveira.

O vereador Juliano Cruz também já declarou ser candidato a presidente, sendo assim, até o presente momento são os dois únicos nomes à disposição dos vereadores, para comandar a Câmara a partir de janeiro de 2019. A oposição nada falou até o momento sobre o processo. Juliano que já presidiu a Casa por várias vezes, também faz parte da base aliada que dá sustentação do prefeito Luciano Antonio Pinheiro (Luciano da Locar), porém não fez parte da campanha, vindo a se tornar aliado após a posse do gestor jacobinense, diferentemente de Eduardo, que foi o primeiro a apoiar o então candidato Luciano.

Apesar de até o momento não se ter manifestação pública, por parte dos demais vereadores, em quem irão votar, Juliano conta com um apoio importante. Segundo comentários de bastidores o ex-prefeito Leopoldo Passos, estar empenhado em eleger Cruz, e é de conhecimento popular que Passos ainda conta com uma indiscutível fidelidade de alguns vereadores de Jacobina. É um importante cabo eleitoral neste processo.

A constituição Brasileira reza em seu Artigo segundo, que os Poderes são independentes e harmônicos entre si, porém na prática não é bem assim. Na eleição do presidente do Poder Legislativo, nas esferas Federal, Estadual e principalmente municipal, a participação do chefe do Poder Executivo e importantíssima e na maioria das vezes decisiva. Até o momento o prefeito Luciano da Locar não se pronunciou de público, como será o seu comportamento neste processo, não disse ainda, se vai apoiar um dos dois candidatos ou se vai se abster. Dos 17 nomes que compõem hoje o Legislativo de Jacobina, apenas cinco são de oposição e um deles já afirmou a reportagem do Tribuna Regional, que votará segundo a orientação de Luciano, portanto caso o prefeito de Jacobina se envolva no processo, certamente seu candidato será o vitorioso.

Fonte: Tribuna Regional
Foto: Paulo Facinius

0 comentários:

Postar um comentário