Coité: estudante recebe mais de dez facadas de namorado enciumado

Ela tinha 12 e ele 14 quando iniciaram o romance.


A estudante do 1º Ano de ensino médio do Colégio Olgarina Pitangueira Pinheiro, Andreza Oliveira Lima, 17 anos,  moradora da Rua 13 de Julho, Bairro Terra Nova  em Conceição do Coité recebeu dezenas de facadas desferidas pelo namorado Victor Gabriel Oliveira Mota, 19.
A tentativa de homicídio aconteceu por volta das 09h deste sábado, 13  na residência de Victor, situada a Rua Antonio Laudelino de Oliveira, bairro Rodoviária e segundo informações da própria mãe do agressor, Ivanildes de Oliveira Lima, o filho teria ouvido amigos dizer que estaria sendo traído pela jovem. “ Essas amizades ruins, ele não devia ter feito isso, ele conhece a pessoa que tem, a menina não sai pra lugar nenhum, da casa dela na Terra Nova prá cá e quando está em casa fica maior parte do tempo comigo, eu levo ela para meu trabalho, tenho como uma filha. É uma menina muito boa, estou preocupada com o estado de saúde dela. O carinho que eu tenho por ela é até maior que pelo meu filho,” revelou a mãe do jovem.

O pai de Victor, Etevaldo Mota, bastante sentido com o ocorrido disse que antes de sair de casa viu os dois conversando no quarto, mas não sabia o assunto, minutos depois ficou sabendo do caso. Ele lamentou dizendo que o filho estava desempregado e tinha uma proposta de emprego que ele mesmo havia conseguido para iniciar nos próximos dias.

Etevaldo disse ainda que embora seja muito jovem, o casal tem um relacionamento de cinco anos e acredita que os dois começaram namorar sem ter conhecido outras relações antes.



No álbum de fotos a promessa de amor eterno



O pai de Victor disse ainda que de alguns meses para cá a relação se estreitou ainda mais ao ponto de ela passar dias na sua casa.

A jovem foi encontrada sentada no sofá bastante ensangüentada, embora consciente seu estado era bastante preocupante. Socorrida, chegou ao Hospital Regional consciente, recebeu os primeiros socorros e disse que o namorado só parou de golpeá-la  quando o cabo da faca quebrou. Ela foi transferida por volta das 10h30, chegando no Hospital Cleriston Andrade ao meio dia. Informações por telefone de uma pessoa da Terra Nova e que mora em Feira de Santana, a jovem chegou meio dia em ponto naquela unidade, ela estava consciente, conversando, foi trocado o soro, o sangue estava estancado e aparentemente estava bem, mas por falta de vagas no Cleriston foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado em Salvador.




Victor, depois de ter esfaqueado a jovem fugiu de sua casa,
a Policia Militar realizou diligências, mas não conseguiu encontrá-lo.


Fonte: CN


Postar um comentário

0 Comentários