Estudante tem irmão assassinado em Serrinha e sofre acidente em Coité quando providenciava documentos para retirar corpo do IML

No momento da chegada dos Anjos da Vida a
 perna do adolescente apresentava deformidade.

A palavra moto, não soa bem na família de Alexandro. Em menos de doze horas, dois homens em uma moto executaram o irmão do jovem e por ironia ele veio a Coité, e ao chegar à cidade pegou uma moto taxi e acabou caindo

O adolescente Alexandro Greenhalgh de Gois, 17 anos, residente na cidade de Serrinha, deixou o hospital regional de Coité com suspeita de fratura no fêmur da perna esquerda ao cair da moto CG Titan p/p JQA 0825, licença de Conceição do Coité, pilotada pelo mototaxista Manoel Almeida da Silva, residente no Povoado de Varginha, município de Coité.
O acidente aconteceu neste domingo (14), por volta das 07h50, na Rua Maximino Madureira, em frente ao Colégio Ogarina Pitangueira, no Bairro de Mariquinha de Dodô.
Alexandro havia solicitada a corrida da mototaxi no centro da cidade e seguiu até a Rua Maria Pinto Ribeiro, no bairro Mariquinha de Dodô, com objetivo de buscar os documentos da mãe, Lucimar Góis, para retirar o corpo do irmão Jenilson Greenhalgh, do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, assassinado na noite de sábado (13), no Bairro da Urbis, em Serrinha.



Segundo o mototaxista Manoel Almeida, a blusa que o passageiro carregava no braço teria se soltado da mão e enganchou na roda dentada do pneu traseiro, enrolando na corrente e travando a engrenagem e consequentemente provocando a queda.
A equipe da Brigada Voluntária Anjos da Vida com o apoio de policias da 4ª Cia PM esteve no local e realizaram o socorro, o trabalho de resgate foi muito delicado, já que o rapaz sofria com a possível fratura. Ainda no local, o estudante teve a perna imobilizada e levado para o Hospital Regional.    



A mãe do rapaz, que estava em uma funerária da cidade providenciando o translado do corpo do filho Jenilson, foi informada do acidente envolvendo outro filho e chegou ao local desesperada, sendo acalmada por Alexandro, que, mesmo sentindo muitas dores, conseguia falar e dizia que “calma, está tudo bem”


Saiba como foi assassinato do irmão em Serrinha  

O crime que vitimou Jenilson Greenhalgh Leal, 23 anos, irmão de Alexandro, aconteceu na noite de sábado, ás 21h30, em um bar, na Praça da Urbis II, na cidade de Serrinha.
Um primo de Alexandro, que não teve o nome identificado, contou ao CN, que Jenilson estava dentro do bar, quando chegaram dois homens em uma moto e o que estava na garupa desceu e atirou contra Jeninho, como era conhecido.
Ele disse também que Jenilson havia chegado naquele momento ao bar e teria estacionando a bicicleta no passeio, quando foi surpreendido pelos motoqueiros que atiraram contra a vítima, acertando na a cabeça e o pescoço, sem haver tempo para defesa.
A vítima já havia sido preso por envolvimento com drogas.

Reprodução: Calila Notícias

Postar um comentário

0 Comentários