Dilma diz que Lula está “muito bem” e lembra sua luta contra o câncer


A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (31) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está “muito bem” após o início do tratamento contra o câncer na laringe, diagnosticado no último fim de semana.

Leia mais notícias no R7

Dilma, que viajou a São Paulo para um evento com empresários, foi ao Hospital Sírio-Libanês, onde Lula está internado desde a manhã para a primeira fase da quimioterapia, iniciada hoje. O encontro durou cerca de uma hora. Também estiveram presentes os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, amigo pessoal de Lula.

Em entrevista concedida ao deixar o local, Dilma afirmou que o ex-presidente estava com um humor “maravilhoso” e demonstrava força.

- Ele está muito bem, muito bem disposto e com uma imensa energia, uma combinação de força do organismo dele e também da extrema energia que sai da bondade do presidente e da alegria de viver. 

A presidente lembrou, ao ressaltar a boa saúde de Lula, que ela ficou gripada após uma viagem a Manaus (AM) na qual ele também esteve presente.

- O presidente Lula tem um organismo muito forte. Eu saí de Brasília com 9 graus e fui para Manaus, onde estava mais de 40. Eu peguei gripe, e ele está inteiro.


Dilma também recordou sua própria batalha pessoal contra o câncer, travada em 2009, quando tratou e venceu um linfoma. Naquela época, ela era ministra da Casa Civil e pré-candidata do PT ao Palácio do Planalto.

- Eu sofri muito, foi chato, mas tenho certeza de que ele tem uma capacidade de superar desafios.

Segundo ela, o encontro também serviu para que os dois falassem do encontro do G20, do qual Dilma participará nos próximos dias em Cannes, na França, e da situação da economia dos países da Zona do Euro.

Postar um comentário

0 Comentários