Colisão entre Corola e Fusca mata um e deixa dois gravemente feridos em Gavião


Uma colisão envolvendo o Corola placa JRT 3370 licença de Senhor do Bonfim e um volkswagem modelo New Beetle (novo fusca), placa JLC 1852 licença de Valente, por volta das 08h da manhã desta quarta-feira, 09, na BR 324 trecho de Gavião, deixou uma vítima fatal identificada por Jailson Santana Araújo, 33 anos, que atuava como representante comercial, residente a Rua Tércio Montealegre , 83, na cidade de Valente, ele que viajava no carona do fusca e outras duas gravemente feridas, o advogado Tiago Miranda dos Santos, 25 anos, residente a Rua Lomanto Junior 105, também em Valente e o dentista Eustáquio José Morais que viajava sozinho no Corola.

Os feridos deram entrada nos hospitais HTO e UNIMED em Feira de Santana. O odontólogo está em observação no hospital UNIMED com fraturas nas duas pernas e um dos braços, enquanto que o motorista do Fusca se encontra no HTO, não temos informações do seu estado de saúde.


Um policial militar disse ao CN que os carros viajavam no mesmo sentido e o motorista do Fusca teria perdido o controle do carro rodou e foi atingido na lateral pelo Corola

Um policial militar lotado em Gavião, disse que os dois veículos viajavam no mesmo sentido, quando o motorista teria perdido o controle do fusca, possivelmente devido a chuva, rodou na pista e foi atingido pelo Corola. A médica Alice Caim, de Capim Grosso, contou ao CN que se dirigia para Nova Fátima para cumprir seu plantão e deparou com a tragédia, a mesma solicitou uma ambulância de Nova Fátima para prestar socorro a Eustáquio, já que o motorista do Fusca já havia sido socorrido e Jailson sem sinais vitais. Ela inclusive acompanhou a vítima até Feira de Santana.

A todo instante nossa redação recebia ligações de pessoas buscando informações quanto ao acidente, nosso repórter Valdemí de Assis que se dirigia para Salvador para resolver assuntos pessoais, foi informado do acidente e que os feridos teriam sido levados para Feira de Santana. Ele, ao passar pela frente da Universisade Estadual de Feira de Santana - UEFS, percebeu a ambulância que conduzia Eutáquio no acostamento com um pneu furado e já sabendo da gravidade do paciente, passou a pedir ajuda, só que outro fator dificultava ainda mais o socorro, a pista em reforma provocava lentidão. 

De acordo com o repórter Valdemí de Assis que acompanhou o socorro até o Hospital UNIMED, ele acionou o Corpo de Bombeiro para ajudar a ambulância sair do local por volta das 11h40 e posteriormente a PRF acionou o SAMU. Ainda segundo Valdemí, o patrulheiro Joselito Souza teria ficado indignado, pois a resposta que recebeu do SAMU foi que o motorista da ambulância providenciasse a troca de pneu.

O motorista da ambulância disse que os pneus se encontram em bom estado e que foi detonado devidos as péssimas condições da pista.



Texto: Raimundo Mascarenhas / Fotos SISALNEWS

Postar um comentário

0 Comentários