Carlos Lupi pede demissão do Ministério do Trabalho


BRASÍLIA - O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, do PDT, entregou neste domingo à presidente Dilma Rousseff seu pedido de demissão. Ele se antecipou, desta forma, à decisão da presidente, que convocou para esta segunda-feira reunião da coordenação política para tratar especificamente do caso.
Dilma já dera a indicação de que bateria o martelo sobre o futuro de Lupi nesta segunda. Afirmou ainda que tomava decisões objetivas e que não era nada romântica, em alusão ao fato de Lupi ter dito declarado "Dilma, eu te amo" em audiência no Congresso Nacional. Lupi é o sexto ministro a cair envolvido em escândalos de corrupção no mandato da presidente Dilma Rousseff. Quem assume interinamente o cargo é o secretário-executivo Paulo Roberto dos Santos Pinto.


Globo.com

Postar um comentário

0 Comentários