Feira: fuga de suspeito acaba com a morte de duas mulheres



O suspeito mora em Feira de Santana e é acusado de roubar um veículo em Camaçari. Na casa dele os policiais encontraram várias placas de veículos e documentos. Outros três suspeitos fugiram em um carro roubado na última quarta-feira (4)

Duas mulheres morreram e cinco pessoas, incluindo duas crianças, ficaram feridas após um acidente na avenida Rio de Janeiro, no bairro Pedra do Descanso, próximo ao posto de combustível Guimarães, em Feira de Santana, por volta das 21h desta sexta-feira (6). 

Segundo informações, o acidente foi provocado por Luiz Claudio da Silva Santana, 33 anos, morador da rua Glória Dourada, conjunto João Paulo, que invadiu o sinal enquanto fugia da polícia.

De acordo com o tenente-coronel Ademário Xavier,subcomandante do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), ele é suspeito de ter tomado de assalto no dia 5 de dezembro, o veículo Ranger NMY-4300, licença de São Luis (MA), no Pólo Petroquímico de Camaçari e fugiu para Feira de Santana. Outros três comparsas tomaram de assalto um veículo Corola, na última quarta-feira (4).

Nesta sexta-feira, os suspeitos estavam nos veículos roubados quando avistaram a polícia, que desconfiaram dos quatro e se aproximaram para realizar a abordagem. Eles tentaram fugir e a houve perseguição seguida da colisão com um veículo Honda Civic Vermelho, licença de Brumado, no qual havia as sete pessoas.

Duas mulheres que estavam no carro morreram no local. Duas crianças foram socorridas para o Hospital Estadual da Criança, uma em estado grave e outras quatro pessoas (um homem e três mulheres) foram socorridas para os Hospitais Emec e Geral Clériston Andrade (HGCA). Entre elas, Mariane da Silva Meira e a mãe dela Eliana da Silva Meira, 53 anos, residentes na rua Donizete Carbalho, no bairro Pedra do Descanso.

Os corpos de Poliana Silva Pinto Ferreira, 27, natural do município de Brumado, 436 km de Feira de Santana e Thais Horana Monteiro Ataíde, 19 Anos, foram identificadas no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Luiz Carlos ficou em poder dos policias que fizeram diligências em busca dos outros envolvidos. A vítima de assalto, proprietária da Ranger, foi identificada como Jefferson Santos de Souza, que foi extorquido pelos assaltantes.

Segundo o tenente-coronel Ademário, os bandidos pediram R$ 5 mil reais, ao proprietário da Ranger, que não aceitou extorsão e por isso foi informado pelos bandidos que outro veículo seria roubado. No mês seguinte, o veículo Corola, que pertence ao irmão dele, foi tomado se assalto.

Apreensão

A equipe Ceto 06 esteve na casa de Luiz Carlos, onde encontrou várias placas de carros, chassis e muitos documentos. O tenente coronel Ademário acredita possa existir uma quadrilha de roubo de veículos ramificada na cidade. Luiz Carlos será apresentado na manhã deste sábado na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR).

Fonte: Acorda Cidade

Postar um comentário

0 Comentários