Mais um homicídio e uma tentativa em Feira de Santana

Após a notícia da morte do Policial Militar Valmir Ramos da Silva e do suspeito de matá-lo, mais duas pessoas foram baleadas em Feira de Santana nesta quinta-feira (2), dia em que a cidade vive momentos de tensão devido à greve dos policiais militares.


Suspeito de matar policial morre. Ele ainda não foi identificado (Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade)

Alan Almeida dos Santos, 19, anos que residia na rua B, no conjunto Feira X, foi baleado na rua onde morava por dois homens em uma motocicleta. Segundo informações, os tiros atingiram a cabeça e o tórax do jovem que morreu após ser socorrido pelo Samu(Serviço do Atendimento Móvel de Urgência) até o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

No bairro Irmã Dulce, dois homens tentaram matar Wendel Hebert Correia, que mora na rua Coronel Ezequiel, no bairro Jomafa. Segundo informações, os dois homens se aproximaram da vítima e dispararam cerca de seis tiros. Ele foi socorrido para o HGCA.

Acusado de assalto é baleado

Jefe Mendes de Sena, morador da rua Teixeira, no LoteamentoMonte Pascoal, no bairro Calumbi, foi atendido no HGCA, na manhã de hoje após ser baleado por uma pessoanão identificada.

Segundo o comandante da Guarda Civil Municipal, Marcos Vinicius Alves, Jefe estava armado com um revolver calibre 38 e deflagrou vários tiros após assaltar uma loja de uma celulares, situada na avenida Sampaio, centro da cidade. Na fuga ele foi atingido com um tiro no pescoço. O socorro foi prestado do pelo Samu, em companhia da Guarda Municipal.

O revólver calibre 38 e alguns projéteis intactos foram apresentados no plantão do Complexo Policial Investigador Bandeira, pelo comandante da guarda.


Informações do repórter Aldo Matos do programa Acorda Cidade.


Postar um comentário

0 Comentários