Tapiramutá: População invade delegacia, espanca e ateia fogo em preso



Um detento foi espancado e queimado vivo após ser retirado a força da delegacia de Tapiramutá durante um levante popular ocorrido na noite desta segunda-feira. Nossa redação entrou em contato com uma moradora da cidade que informou que a população ficou revoltada depois que um idoso, identificado como Flávio Mendes de Queiroz, de 84 anos de idade, deficiente visual, teve sua casa invadida durante a madrugada do domingo, 13, e foi covardemente espancado pelo elemento Lucas Pio de Jesus, vulgo Lunguinha, de 23 anos  de idade, depois que ele ficou revoltado por não encontrar dinheiro na casa da vítima.


O idoso veio a óbito em decorrência do espancamento. Após o crime o elemento fugiu mas foi localizado e preso pela polícia ainda na tarde do domingo. Na delegacia o preso teria confessado o crime e disse que, na companhia de um comparsa, teria espancado o idoso porquê ele não tinha dinheiro, levando do local apenas um rádio. Segundo informou a moradora da cidade, que não quis se identificar, após o sepultamento de seu Flávio, que ocorreu no final da tarde desta segunda, 14, cerca de 200 pessoas teriam saído do cemitério local direto para a delegacia onde, após arrombarem a cela onde Lunguinha estava detido, o arrastaram para a frente da delegacia e resolveram fazer justiça com as próprias mãos. Com paus, pedras, e barras de ferro, populares espancaram violentamente o preso.


Não satisfeitas com o espancamento, algumas pessoas teriam jogado álcool ateado fogo no corpo do preso que segundo costa, agonizou até a morte enquanto a população perplexa assistia a cena.


Os policiais da cidade nada puderam fazer além de acionar o efetivo de cidades vizinhas para tentar controlar a situação, mas o reforço não teria chegado a tempo de evitar a barbárie. Segundo consta outros dois presos que estavam na delegacia conseguiram fugir durante a confusão. O corpo de Lunguinha foi encaminhado para o DPT de Jacobina para a realização de necropsia.


Fonte/Reprodução: Bahia Acontece
Fotos: Gazeta da Chapada



Postar um comentário

1 Comentários

  1. se isto ocoresse mais a vagabumdagem diminuia! neguinho pensava duas vezes!

    ResponderExcluir