Samu que Valdice não quis em Jacobina é inaugurado em Irecê por Wagner


O Samu 192 que viria para Jacobina foi inaugurado em Irecê, nesta terça-feira, dia 18, pelo governador Jaques Wagner.
O Samu só não foi construído em Jacobina porque a prefeita Valdice Castro (PP) foi contra, chegando a devolver os recursos a Brasília.
A recusa da prefeita foi confirmada pelo secretário estadual da Saúde, Jorge Solla, em recente entrevista à Imprensa. "O Samu iria gerar 60 empregos em Jacobina e beneficiar a população, mas a prefeita não quis", disse o secretário.
Comentários em Jacobina dão conta de que a prefeita não quis o Samu em Jacobina porque sua vinda iria prejudicar os negócios de seu marido ligados à área de saúde, como, por exemplo, os atendimentos no Hospital Regional, onde são cobrados exames e outros procedimentos.
Inauguração em Irecê
Em Irecê foi inaugurado um Centro de Parto Normal, em parceria com o Governo Federal, por meio da Rede Cegonha, no Hospital Maternidade Josefa Ismael Sobral, com cinco leitos; uma unidade do Samu Regional Irecê-Jacobina, que atenderá os 38 municípios da macrorregião Centro Norte, com uma cobertura de aproximadamente 700 mil habitantes; e uma Unidade Pronto-Atendimento 24 h (UPA), com capacidade para até 150 atendimentos diários de urgência e emergência, clínicos e pediátricos, além de prestar o primeiro atendimento e estabilizar casos cirúrgicos e de trauma. Interativo


Fonte/Reprodução: Corino Urgente



Postar um comentário

1 Comentários

  1. Edineuza Ana20/09/2012 16:20

    Quanta ignorância dessa criatura não querer um dos meios de salvar a vida dessas pessoas que na maioria são vítimas desses médicos despreparados e que na maioria das vezes nem acham "esses"para atendê-los.

    Que pena!agora caros eleitores precisam pensar e votar em pessoas responsáveis e que pensam no bem estar do povo,gente chega!!!!!! não vendam os seus votos.


    ResponderExcluir