‘A reeleição é sempre mais difícil’, diz Prefeito de Serrolândia Gildo Mota


Reeleito para mais um mandato, o prefeito de Serrolândia Gildo Mota Bispo, 45 anos, casado com Souzinete, pai de Najara, Fernanda, Paulo Vítor e Luiz Henrique, é o entrevistado desta semana do Tribuna Regional.

Tribuna Regional – Gildo, você teve em 2008 uma vitória esmagadora com 2.218 votos. Fez indiscutivelmente uma grande administração, porém nesta eleição apesar de ter sido uma grande vitória, a diferença caiu para 1.515 votos. Houve alguma falha na condução da política?


Gildo Mota – Não. A reeleição é sempre mais difícil, é claro que uma administração deixa de realizar algumas expectativas das pessoas, todavia, avançamos muito neste mandato, porém, tivemos a queda na diferença de votos nesta eleição. Em 2008 conseguimos eleger cinco vereadores e agora, nas eleições de 2012, elegemos seis vereadores, fato este que não é fácil para uma coligação eleger 2/3 da composição legislativa de um município. Tenho a consciência que fizemos uma campanha com muita responsabilidade, desvinculada da administração, mas isso ainda confunde muito a cabeça das pessoas.


Tribuna Regional – Em janeiro de 2009 você recebeu um município totalmente sucateado. Isso é claro prejudicou sua administração. Foi necessário um grande investimento em infraestrutura. Agora foi reeleito. Como se encontra a infraestrutura de seu município e o que pretende fazer para melhorá-la?


Gildo Mota - Neste mandato que está se encerrando, conseguimos melhorar a infraestrutura da maioria das escolas do município, melhoramos significativamente a frota dos veículos e equipamos toda estrutura administrativa, pavimentamos várias ruas na sede e povoados. Quando iniciamos este mandato, encontramos a frota de veículos totalmente imprópria para uso, não tínhamos computadores, linha telefônica, entre outras coisas. Pretendemos reformar e construir praças com parque infantil e academias ao ar livre, concluir a reforma das quadras poliesportivas, e a construção do Ginásio de Esportes, bem como construir novas quadras para dar oportunidade a outras modalidades esportivas aos nossos jovens.


Tribuna Regional – Como se encontra a educação de Serrolândia, e como ficará neste seu segundo mandato?


Gildo Mota - Entre os anos de 2009 a 2012 houve um acréscimo considerável no número de alunos atendidos como resultado do trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Educação. O município tem dado suporte pedagógico, ofertando aos professores diversos cursos de aperfeiçoamento, principalmente no que se refere à formação inicial e continuada, com a parceria entre os governos municipal, estadual e federal, através do programa Plataforma Freire, com o intuito de garantir que cada profissional adquira graduação específica na área a qual leciona. No que diz respeito a remuneração salarial dos professores, o município atende a Lei do Piso Salarial Nacional. O município vem desenvolvendo avaliações diagnósticas nas escolas da rede municipal de ensino, com o objetivo de identificar as dificuldades de leitura e escrita dos alunos, buscando dessa maneira, sanar as deficiências através da realização de projetos pedagógicos relacionados aos problemas encontrados. Além disso, as escolas municipais, através do acompanhamento pedagógico, já estão trabalhando os conteúdos necessários para o bom desempenho dos alunos no Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB) e Prova Brasil. Estas ações, bem como a realização de reforço escolar no contraturno tem sido desenvolvidas visando alcançar as projeções do MEC. Cabe destacar que tais projeções vem sendo superadas nos últimos anos, conforme aponta os resultados do IDEB para o município. Em relação à infraestrutura, no primeiro mandato houve reforma de algumas escolas, o que contribuiu para a elevação da autoestima tanto do alunado quanto dos profissionais. Além disso, está previsto a aquisição de mais quatro ônibus escolares para ampliar a frota do transporte escolar. As escolas já estão tendo autonomia financeira, a partir da administração dos recursos do Governo Federal, como PDE e PDDE. Para o segundo mandato há expectativa de continuidade do trabalho que vem sendo realizado, a partir das ações estabelecidas pelo PAR (Plano de Ações Articuladas) no Plano Municipal da Educação (PME) aprovado este ano para o próximo decênio, que será acompanhado pelo Conselho Municipal de Educação (CME) e pelo Sistema Municipal de Educação (SME) criados neste governo.


Tribuna Regional – E a saúde?


Gildo Mota - Considerando todas as dificuldades e complexidade da área de saúde, implantamos três equipes de Saúde da Família e Saúde Bucal, a ampliação de serviços básicos à população, aquisição de equipamentos, buscando principalmente promover e prevenir doenças, a oferta de serviços especializados, aquisição de veículos para tratamento fora de domicílio, casa de apoio, garantindo assim, a continuidade ao tratamento, bem como toda a estruturação de uma rede de atenção à saúde de forma consolidada, podemos reafirmar a intenção de fortalecer a saúde a cada dia.


Tribuna Regional – Estamos passando por uma grande seca e outras virão. Como atua sua administração no apoio ao homem do campo, principalmente no combate à seca?


Gildo Mota - A administração tem atuado no combate à seca com o fornecimento de água através de carros-pipas, limpeza de aguadas públicas e particulares do município, inscrição dos produtores no programa garantia-safra, aquisição de milho através da Conab, apoio ao Programa Bolsa Estiagem, distribuição de cestas básicas e por conta da longa estiagem o município, com o objetivo de ampliar os procedimentos de apoio ao homem do campo, cancelamento do tradicional festejo junino do "Arraiá du Licurí" neste ano de 2012, após uma consulta popular.


Tribuna Regional – A área social é de fundamental importância para o bem-estar do cidadão, principalmente em municípios pobres, como é o caso de Serrolândia. O que pretende fazer neste setor?


Gildo Mota - Temos como objetivo realizar e dar continuidade às ações já realizadas no município, como oficinas de geração de renda para as famílias do Programa Bolsa Família, ampliar o acompanhamento psicossocial das famílias em situação de vulnerabilidade, criação de oficinas para as gestantes em situação social vulnerável, intensificar as palestras socioeducativas, a fim de prevenir situações de ameaça e violação de direitos, intensificar e garantir os direitos dos idosos, vendo a possibilidade de criação do Centro de Convivência, com a implementação e apoio do Conselho do Idoso, incentivar o envolvimento das crianças e adolescentes no meio social e oferecer proteção social, como serviço de ação continuada à criança e adolescente em situação de vulnerabilidade social, estas são algumas das ações que pretendo executar neste próximo mandato.


Tribuna Regional – Haverá mudanças na "Máquina Administrativa"?


Gildo Mota - Alguns ajustes serão feitos, haverá poucas mudanças na substituição de pessoas, mas precisamos ajustar o que não está funcionando muito bem e planejar ações em todas as áreas, com foco em resultados satisfatórios desde o primeiro momento da nova administração, mas que possamos trazer resultados concretos ao final do mandato.


Tribuna Regional – Como foi e o que você espera do relacionamento do Legislativo com o Executivo?


Gildo Mota - Trabalhamos em parceria com o Poder Legislativo, tivemos sempre o apoio na votação de projetos importantes para o município, tanto é que permanecemos juntos no mesmo palanque em 2012, da mesma forma pretendemos seguir com a nova bancada que assume em janeiro de 2013, de uma forma mais consolidada por termos 2/3 das cadeiras.


Tribuna Regional – Qual a mensagem que deixa para seus munícipes?

Gildo Mota - Depois de reeleito, confirmo todas as propostas feitas em palanque, com a certeza que faremos um grande governo, porque temos ações já planejadas no mandato que se encerra para o próximo exercício. Agradecemos a aprovação da população em nosso mandato, os votos recebidos nas eleições nos dando a legitimidade de poder administrar o município por mais quatro anos e desejar a todos um feliz natal e um ano novo repleto de realizações.




Postar um comentário

0 Comentários