Moto taxista vítima de latrocínio é enterrado em Cachoeira Grande



Uma multidão se fez presente no velório do mototaxista Evaldo Araujo Mota, de 38 anos, morador do bairro da Caeira, morto durante a madrugada deste domingo na estrada do Pau Ferro, em circunstâncias que ainda estão sendo investigadas pela Polícia Civil. O corpo do moto taxista deixou a Igreja Assembléia de Deus da Caeira onde foi velado por volta das 15h30 da tarde com destino ao Povoado de Cachoeira Grande onde foi sepultado no final da tarde de hoje. 


Algumas pessoas comentaram que quando o corpo de Evaldo foi encontrado durante a madrugada próximo ao Clube do XV, havia uma nota de R$ 2,00 em cima de seu corpo simbolizando o pagamento de uma corrida. As investigações estão a cargo de Dr. Cléber Azevedo.


Fonte/Reprodução: Notícia Regional





Postar um comentário

0 Comentários