Jacobina: A novela SUS/Hospital Regional continua


Aconteceu na última quinta feira (14) uma reunião no auditório do Sindicato dos Comerciários para tratar da regularização do atendimento pelo SUS no Hospital Regional Vicentina Goulart. A iniciativa partiu do Movimento Jacobina Agoniza.

Para mediar a plenária foi convidada a Promotora de Justiça a Dra. Rocío Garcia Matos, o Secretário de Saúde do Município Ivonildo Dourado Bastos, o representante da Assessoria Jurídica da Prefeitura Dr. Bruno Tínel juntamente com o Prefeito Rui Macedo, Vice-prefeito José Maria Fagundes e diretores da AJA (Associação Jacobinense de Assistência) do Hospital Regional.


A reunião foi cancelada por falta de representantes legais do Hospital Regional. Dezenas de funcionários da referida entidade temerosos em perder o emprego tentaram sensibilizar os poderes constituídos na importância de efetuar o contrato para ter o atendimento do SUS no Hospital Regional. 


Houve mais uma convocação por parte da Promotora de Justiça Dra. Rocío Matos para esta sexta feira (15) às 9h30 e atendeu ao chamado do Ministério Público, a Prefeitura Municipal de Jacobina, através do seu vice-prefeito José Maria Fagundes, secretário de saúde Ivonildo Dourado e o advogado o Dr. Virgílio, onde se colocaram à disposição para assinar o contrato para o período de 90 dias para atendimento de urgência e emergência. 

Mais uma vez por falta de um representante legal do Hospital Regional não foi possível firmar um acordo para atendimento do SUS no Hospital Regional.


Fonte/Reprodução: Diário da Chapada



Postar um comentário

0 Comentários