PMJ se reuniu com MPE e o Movimento Jacobina Agoniza para regularizar os atendimentos do HRVG



A Prefeitura de Jacobina, através da Secretaria Municipal de Saúde, se reuniu com o Ministério Público Estadual e o Movimento Jacobina Agoniza, nesta ultima quinta-feira, 14, no auditório do sindicato dos trabalhadores, para discutir a minuta de contrato entre o município e o Hospital Regional Vicentina Gulart, mas nenhum representante legal da AJA – (Associação Jacobinense de Assistência) compareceu para assinar a renovação de contrato.

O prefeito de Jacobina deixou bem claro que o município tem interesse em renovar o contrato para melhor atender a população, e lamentou a ausência dos representantes legais do HRVG para estabelecer um acordo de regularização da continuidade dos atendimentos, conforme as exigências do TCM – (Tribunal de Contas do Município), ou seja, respeitando os meios legais. 


Assecom/PMJ
Foto:  Diário da Chapada



Postar um comentário

0 Comentários