Homem é morto dentro da ambulância do Samu a caminho do HGE



Um homem foi assassinado dentro de uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu), na madrugada desta quarta-feira, 16, em Salvador.

De acordo com o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime ocorreu na avenida Bonocô, quando a vítima estava sendo levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), na avenida Vasco da Gama, após ter sido baleado na alameda Euvaldo Luz, próximo ao Shopping Bela Vista.

Por volta de 0h30, o Samu foi acionado por moradores para socorrer o homem. A caminho do hospital, a ambulância foi interceptada por um carro e obrigada a parar. Em seguida, um dos suspeitos entrou pela porta do carona e mandou a técnica de enfermagem para o fundo da ambulância e logo após executou a vítima. Mais 4 tiros foram disparados dentro do veículo.

Quando recebia os atendimentos do Samu, o rapaz disse que foi vítima de assalto e já havia sido atingido por disparos de arma de fogo na cabeça, tórax e braços. Durante a ação, os profissionais foram orientados a não olhar para os criminosos. Nenhum deles sofreu nenhum tipo de agressão por parte dos bandidos, mas ficaram abalados psicologicamente.

Depois do crime, os homens fugiram e ainda não foram localizados. Já a ambulância - levando o corpo do homem - foi recolhida para o pátio do Samu, que fica no Hospital Ernesto Simões, no Pau Miúdo. Nas costas, a vítima trazia uma tatuagem com a frase "Amor só de mãe. Ana".

O DHPP investiga o caso. A motivação do crime ainda é desconhecida. Os funcionários que estavam na ambulância serão ouvidos pela polícia ainda nesta quarta. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML). Até o final da manhã, nenhum familiar havia comparecido ao instituto para reconhecer o corpo.

Fonte/Reprodução: A Tarde


Postar um comentário

0 Comentários