Município de Miguel Calmon firma TAC para retirar nome de pessoas vivas de bens públicos




Praças, ruas, prédios e equipamentos públicos de qualquer natureza deverão mudar de nome para deixar de fazer homenagens a pessoas vivas no município de Miguel Calmon. O compromisso foi firmado pelo Município e pela Câmara de Vereadores da cidade, mediante Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) nesta terça-feira, dia 27, com o promotor de Justiça Pablo Almeida.

O Município se comprometeu a encaminhar à Câmara, dentro de dez dias, projeto de emenda à Lei Orgânica com o objetivo de incluir na legislação a vedação de nominar bens públicos com nomes de pessoas vivas, devendo o projeto ser votado em no máximo 45 dias.

O Município se comprometeu ainda a anular, através de decreto, os atos administrativos que atribuam nomes de pessoas vivas a bens públicos, bem como substituir esses nomes por outros que não representem qualquer forma de “promoção pessoal ou homenagem”. Caso a nomeação se deva a lei, projetos alterando a legislação deverão ser encaminhados pelo Executivo ao Legislativo.

Além da substituição dos nomes nas fachadas dos prédios e nas placas dos logradouros, comunicados das alterações deverão ser encaminhados para os ofícios e registros oficiais, a exemplo dos Correios e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Por fim, assumiram os compromissários que não mais empregarão nomes de pessoas vivas, nacionais ou estrangeiras, para denominar bens públicos em Miguel Calmon. O cumprimento do TAC será fiscalizado pelo MP e a eventual desobediência poderá resultar em multa.

Fonte/Reprodução: Calila Notícias


Postar um comentário

0 Comentários