20/10/2017

Governo da Bahia vai investir mais de R$ 36 milhões no esgotamento sanitário de Jacobina



Tamara Leal - “Nos últimos quarenta dias tenho tido a oportunidade de me aproximar do governador Rui Costa e a certeza que ele está com os olhos voltados para Jacobina”, comemorou o prefeito Luciano Pinheiro (DEM), durante solenidade de assinatura da ordem de serviço do esgotamento sanitário de Jacobina.

A ordem de serviço foi assinada pelo chefe de Gabinete do Governador Rui Costa, Cícero Monteiro, o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento do Estado, Cássio Peixoto, e o prefeito de Jacobina. A solenidade aconteceu na manhã desta quinta-feira, 19, na Praça do CEU e foi prestigiada por colaboradores dos governos municipal e estadual, políticos, empresários, representantes de entidades e imprensa local.

Ainda na primeira fase e com investimentos do PAC II e do programa Pró-Saneamento, a obra está orçada em R$ 36,6 milhões e deve ser finalizada até o final de 2018. Já nessa primeira fase deve atender 50% da população jacobinense.

Cássio Peixoto falou da importância da obra para a melhoria da qualidade de vida da população. “A cada real investido em saneamento básico, o governo economiza quatro. Investir em saneamento é economizar em saúde”, ressaltou.

Segundo Cícero Monteiro, que é funcionário de carreira da Embasa, Jacobina é a primeira cidade da macrorregião a receber a obra de saneamento básico. Ele explicou que cidades de porte igual, como é o caso de Irecê e Senhor do Bonfim, ainda não tiveram suas licitações iniciadas.

Mais obras

"Também na manhã desta quinta, 19, foi realizada a licitação da obra do Mercado do Produtor de Jacobina. A obra está orçada em R$5,6 milhões e 10 empresas concorreram", anunciou Cícero. Ele ainda informou que em novembro próximo será licitada a recuperação da BA 144 e nos próximos dias a Embasa estará divulgando o início da interligação da rede de água para as comunidades de Jenipapo e Olhos D’Água, obra estimada em R$ 2 milhões.

Fonte/Reprodução: A Notícia Aqui


0 comentários:

Postar um comentário