Prefeitura entrega requalificação da Praça da Bíblia em Jacobina



Idealizada pelo evangelista Jezias Haine e construída na gestão do saudoso ex-prefeito Manoel Ignácio, a Praça da Bíblia é um marco para a comunidades cristã em Jacobina. Na última sexta-feira (07), o Prefeito Luciano Pinheiro esteve reunido no local com representantes das igrejas evangélicas e também das paróquias da Igreja Católica em Jacobina, para reinaugura o espaço, que passou por reformas, ganhou novo projeto paisagístico e iluminação, após um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), entre Prefeitura, a Empresa Santin (responsável por transporte de materiais de produção de energia eólica) e Ministério Público, onde a referida empresa teve que arcar com tal feito e investimentos também na região de Itaitu, devido impacto ambiental e também prejuízos ora causados na praça.


Segundo o empresário Marcos Marcelino, ex-vice-prefeito e ex-prefeito interino, o local passou por diversas modificações ao longo do tempo. “Era aqui no bairro da estação que funcionava o grande comércio atacadista da cidade, impulsionado pela força do transporte férreo (trem) até a década de 70, hoje o espaço se adequa à modernidade do tempo em que vivemos” relatou Marcos.

Já a pastora Sueli Aragão relembrou sua participação no culto de inauguração em 12 de dezembro de 1989. “Como é bom voltar aqui 30 anos depois, eu cantei junto com o coral da Primeira Igreja Batista lá em 89” frisou a líder eclesiástica.

O idealizador da praça, Jezias, disse que se sente satisfeito ao ser lembrado, mas que, toda honra e glória seja dada a Deus. “A minha missão é levar a palavra de Deus e este local representa muito na minha vida e na vida do povo cristão da nossa terra” disse Haine.

Para o Prefeito Luciano Pinheiro a participação da comunidade evangélica e católica, faz com que tenhamos a possibilidade de melhorias na comunidade, por meio do trabalho social e também da difusão do evangelho. “O povo cristão preza pelos princípios da família e dos bons costumes e tem dado uma contribuição imensa a Jacobina, aí de nós, não fosse as igrejas evangélicas e católica na luta pelo bem, levando a palavra de Deus e cuidando de pessoas, são parceiros importantes da nossa gestão e em especial de cada munícipe” falou Luciano.

Fonte: Ascom/PMJ