08/06/2018

Temer cede a caminhoneiros e revoga nova tabela do frete



O presidente Michel Temer cedeu novamente aos caminhoneiros autônomos e recuou da adoção de nova tabela mínima do frete anunciada nessa quinta-feira (7).

Em reunião com representantes da categoria, no início da noite, o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, informou que a medida será revogada e marcou novo encontro nesta sexta-feira (8) para discutir a formulação de uma nova tabela.

“Essa nova resolução trouxe algumas questões que precisam ser revistas e foi uma resolução do Ministério dos Transportes que a gente torne essa nova resolução sem efeito”, disse o ministro, em vídeo divulgado pelas entidades dos caminhoneiros.

O governo federal cedeu à pressão da categoria contra o fato de a nova tabela ter trazido, em média, uma redução de 20% do preço médio em relação primeira tabela, uma reivindicação que vinha sendo feita sobretudo pelo setor do agronegócio.

Além dos caminhoneiros, o setor privado tem se articulado para derrubar a tabela de preço mínimo no Congresso Nacional ou no Poder Judiciário. As empresas de transporte não querem pagar a conta de um expressivo aumento do custo do frete rodoviário.

A ideia do Palácio do Planalto, ao publicar uma nova versão da medida nessa quinta-feira (7), era acalmar tanto o setor produtivo quanto o setor de transporte para que uma nova medida fosse formulada, com a participação de ambos, em audiências públicas convocadas pela ANTT (Agência Nacional dos Transportes Terrestres).

A estratégia, contudo, não teve êxito e acabou criando uma nova crise governamental. A CNI (Confederação Nacional da Indústria) e a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) passaram a estudar ações judiciais contra a medida.

Fonte/Reprodução: Folha de São Paulo

Caminhoneiros ameaçam nova greve se tabela de preços mínimos de frete for alterada



Enquanto as empresas transportadoras se movimentam para mudar a tabela do frete mínimo, os caminhoneiros acompanham – ressabiados – o andamento das negociações em Brasília. Nas redes sociais, os motoristas temem que o lobby dos grandes grupos consiga derrubar a tabela recém instituída pelo governo como contrapartida ao fim da greve. Mas eles prometem resistir.

“Se essa tabela cair, vai ter uma greve pior que a última. E aí não vai ter negociação, pois eles vão querer provar para o mundo que são fortes, vai ser uma grande revolta”, diz Ivar Luiz Schmidt, representante do Comando Nacional do Transporte (CNT) e que foi o grande líder da paralisação de 2015.

Foi ele quem criou os primeiros grupos de caminhoneiros no WhatsApp para organizar os protestos daquele ano. Nesta quarta-feira, Schmidt participa de quase 90 grupos na rede. “Tá todo mundo só esperando que a tabela seja derrubada para parar tudo de novo”, afirma. “E, pelo que estou vendo no WhatsApp, pode ter certeza de que isso vai acontecer.”

A tabela de preço mínimo do transporte rodoviário – definida às pressas pelo governo para interromper a greve na semana passada – é considerada a maior vitória dos caminhoneiros nos últimos tempos. Mas, diante da reação do empresariado (principalmente representantes do agronegócio), eles começam a temer que essa conquista esteja com os dias – ou horas – contados.

“Não vejo coisa muito boa vindo pela frente, mas vamos lutar para encontrar um meio-termo para ambas as partes”, afirma o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), José Fonseca Lopes, que esteve à frente das negociações com o governo na greve encerrada na semana passada. Ele deverá participar nesta quarta de uma reunião com a Casa Civil para discutir o assunto.

Rebelião. Segundo Fonseca, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) está refazendo os cálculos e deverá apresentar em breve o resultado. “Esperamos que se encontre um denominador comum e não prejudique o caminhoneiro. Caso contrário, podem esperar uma nova rebelião.”

O presidente da Abcam afirma que uma tabela de preço mínimo vinha sendo negociada no Congresso antes da greve e da medida provisória ser emitida. Schmidt afirma que desde 2016 essa proposta vem sendo negociada, sem sucesso – ignorando as condições precárias nas quais vivem os motoristas de caminhão no Brasil.

“Hoje, não existe categoria mais massacrada que o caminhoneiro. Há 30 anos esse profissional vem sendo explorado”, diz Schmidt, do CNT. Na avaliação dele, se os motoristas autônomos permitirem que o governo elimine essa tabela em favor dos transportadores, eles estarão perdendo uma grande oportunidade de melhorar a qualidade de seu trabalho.

Fonte/Reprodução: Estadão
Foto: Walter Campanato/Agência Brasil


Homem morre de suposto infarto fulminante no bairro da Grotinha em Jacobina



Ronivaldo Moreira Miranda, 41 anos, veio a óbito no início da manhã desta sexta-feira, 7, em sua residência, no bairro da Grotinha, em Jacobina, vítima de um suposto infarto fulminante. Segundo informações, Roni se sentiu indisposto no dia de ontem e foi até a UPA24h, onde foi examinado e liberado.

Após realizar uma caminhada na manhã de hoje, ele foi encontrado sem sinais vitais caído dentro de casa por sua esposa. Irmão do vereador Roni de Itaitu, Rosivaldo era muito conhecido no meio das cavalgadas e montarias.

Fonte/Reprodução: Augusto Urgente



07/06/2018

Jacobina Mineração promove teatro para colaboradores na Semana do Meio Ambiente



No intuito de promover uma reflexão sobre o meio ambiente e o papel de cada pessoa nesse contexto, a Jacobina Mineração e Comércio promoveu a apresentação teatral da peça: “Eu disse, não disse?” da Cia de Teatro Sarau das Seis de Jacobina.

A cena acontece em um episódio pitoresco, onde duas velhas irmãs [des]conversam as desventuras vividas enquanto jovens, sobretudo, posturas as quais trouxeram reflexos negativos para o meio ambiente. 


A irreverência de Gertrude e Ofélia joga com aspectos da comicidade em paralelo à didática da sustentabilidade. “Na cena, são suscitadas questões que levam a reflexão: O que fazemos, corriqueiramente, que é danoso para o meio ambiente? Porque não devemos fazer? Nesse sentido, o espetáculo tem o objetivo de dilatar a consciência ambiental, e fazer com que o indivíduo fomente posturas propícias à preservação de um meio do qual somos participantes ativos.

Assim, a Cia de teatro Sarau das Seis imprime, em suas produções, o discurso de uma sociedade mais consciente e justa para todos(as), através do zelo com o que é nosso, nesse caso – o meio ambiente – a fim de se fazer participantes ativos nesta luta.” Afirma Lua Mandala, atriz e diretora da companhia.

“ O coordenador de SSMAC, Adriano Francisco, reforça que iniciativas como essa conscientizam e ainda contribuem para ampliar a visão dos colaboradores(as), além de disseminar conteúdos e práticas sustentáveis e possibilitam a valorização dos(as) artistas locais.”

Fonte: Ascom/Yamana


Tavares adverte sobre danos provocados pelo álcool para gestantes



O deputado Pedro Tavares (DEM) apresentou projeto de lei que institui a política de incentivo a fixação de cartazes, em bares, restaurantes, mercados, lanchonetes, hotéis alertando para os perigos e danos decorrentes da ingestão de bebida alcoólica por gestantes. “Consumir bebida alcoólica no início da gravidez, mesmo em quantidades pequenas, pode elevar o risco de o bebê nascer prematuro ou com um tamanho menor do que o esperado”, afirmou o parlamentar.

Se aprovado, o cartaz deverá conter a frase “O consumo de álcool durante a gravidez pode prejudicar a saúde do bebê”. No projeto, o deputado espera que a comunicação esteja em tamanho de fácil leitura, em local de passagem e fácil visualização.

O deputado se baseou na pesquisa da Universidade de Leeds, na Grã-Bretanha, publicada pelo Journal of Epidemiology and Comunity Health. “De acordo com os autores do estudo, os efeitos adversos do consumo exagerado de álcool durante a gravidez já são bem conhecidos. Ainda não existe, no entanto, um consenso sobre os efeitos de quantidades pequenas da bebida. As recomendações sobre o assunto variam de acordo com a entidade médica ou o governo de cada país. A Organização Mundial da Saúde (OMS), por exemplo, indica que grávidas ou mulheres que pretendem engravidar devem se manter abstêmias”, justificou o parlamentar.

Fonte/Reprodução: Ascom

Prefeitura de Irecê cancela show da dupla Simone e Simária no São João


A Prefeitura de Irecê informa que o show da dupla Simone e Simaria, parte da programação do São João da cidade, foi cancelado devido aos problemas de saúde de uma das artistas. As irmãs, naturais de Uibaí, região de Irecê, se apresentariam no dia 22 (sexta-feira), no palco principal. 

Conforme já anunciado pelo próprio artista, a Prefeitura contratou mais uma atração, o cantor cearense Jonas Esticado, que se apresentará no sábado (23). Considerado um fenômeno em todo Brasil, o artista tem entre seus principais sucessos as músicas "Moça do espelho", "Com amor não se brinca", "Ainda bem" e “Não Existe Amor Sem Briga”.

Fonte/Reprodução: Notícia Livre

Após desviar de ciclista na BR-367, empresário bate carro em caminhão e tem corpo carbonizado


 
Um homem morreu durante um acidente no Km 55 da BR-367, na altura do distrito de Vera Cruz, em Porto Seguro, sul da Bahia. Paschoal Pedra Laviola, de 38 anos, era empresário e teve o corpo carbonizado na batida que envolveu o carro que dirigia e um caminhão.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima estava sozinha e seguia sentido Porto Seguro, na noite de terça-feira (5), quando desviou de um ciclista que estava no meio da pista. Por conta desse desvio, ele acabou entrando na contramão e bateu de frente com o caminhão, que seguia no sentido contrário.

O carro dele pegou fogo no momento da batida. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas e retirar o corpo de Paschoal das ferragens.

O corpo foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Porto Seguro, que será responsável pela perícia. Os exames vão apontar se a vítima morreu antes ou depois de ser carbonizada.

Vítima tinha 38 anos e era casado

O motorista do caminhão não teve ferimentos e o ciclista não foi localizado após o acidente. Paschoal era casado com a secretária de Assistência Social de Porto Seguro, Lívia Bittencourt. O velório e enterro do empresário ainda não foram divulgados.

Fonte/Reprodução: G1/BA

Prefeitura firma parceria com Caixa Econômica e atinge quase 100% de Cobertura no Bolsa Família




A manhã de quarta feira, (06), foi de trabalho e satisfação para a Secretaria Municipal da Assistência Social.

Com 99% de cobertura do Programa Bolsa Família, a Prefeitura de Jacobina atingiu o número de 10.687 famílias que recebem o benefício, isso após um trabalho incessante de pesquisa e avaliação do perfil. 

“É um direito das pessoas mais carentes, alguns estavam cadastrados no Programa há anos e nunca tinha obtido uma resposta, fizemos um trabalho intenso pra não ocorrer injustiças, não é um dinheiro que mude a vida das pessoas, mas é sim necessário para elas, isso também é investimento na economia local, afinal os recursos do Bolsa Família são alocados no comércio de Jacobina, no supermercado, na feira, na farmácia, com isso cumprimos o papel verdadeiro do controle social, beneficiando a quem de direito” disse Aline Pinheiro - Secretária da Assistência Social

Fonte: Ascom/PMJ
Fotos: Divulgação

Empresa que controla iFood é autuada por relação de trabalho com motoboys



A empresa que controla o Ifood foi autuada pela Superintendência Regional do Trabalho de São Paulo (SRT-SP) por falta de registro na carteira profissional dos motociclistas e e recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Foram 14 autuações e duas notificações expedidas contra a empresa Rapiddo, do Grupo Movile, que controla o iFood. Somados, os valores de multa e FGTS podem chegar a R$ 1 milhão. A empresa foi notificada e tem até o dia 19 de junho para regularizar a situação dos motociclistas, sob pena de nova autuação.

O auditor-fiscal Sérgio Aoki explica que a empresa ocultava a relação de emprego com os motoboys ao defender que se tratava de um aplicativo de smartphone para facilitar a captação de clientes. “A empresa vende ao cliente final um serviço de entregas rápidas com preço e produto definidos por ela mesma. O cliente e o trabalhador não negociam entre eles e somente são conectados após a aprovação de ambos. O preço é sempre estipulado por meio de uma tabela definida pelo sistema. Portanto, não há agenciamento”, afirma Aoki, que coordenou a fiscalização.

A empresa também foi autuada em relação à falta de cuidados com saúde e segurança no ambiente de trabalho. Outro argumento que prova a relação de emprego é a tabela de preços imposta pela empresa unilateralmente, sem participação dos mototaxistas. “É inconcebível que um trabalhador autônomo não possa dizer o quanto vale o seu serviço”, explica.

Os auditores destacam ainda o fato de que é o próprio trabalhador que suporta os custos da motocicleta, do combustível e do tempo ocioso entre as ligações. Outro ponto é a evasão fiscal criada pelo modelo de negócios. "A ocultação da relação de emprego por meio dessa suposta intermediação leva a um ganho de competitividade que tem levado, inclusive, ao fechamento das empresas de motofrete tradicionais do mercado", complementa Aoki.

Fonte/Reprodução: Bahia Notícias
 Foto: Divulgação

Novo Paraíso: Motorista perde o controle e bate em árvore



Na madrugada desta quinta-feira, 07 de junho de 2018, o motorista de um veículo perdeu o controle da direção, desceu uma ribanceira e bateu em uma árvore, na BA-417, altura do contorno para Serrolândia no distrito de Novo Paraíso, em Jacobina.

De acordo informações, o motorista e os ocupantes do veículo, apesar do susto, nada sofreram. A Guarda Municipal esteve no local do acidente dando apoio aos envolvidos.



Fonte: Paraíso Urgente

São João de Salvador está ameaçado devido a inadimplência do governo, alerta Ecad



O pagamento dos direitos autorais referentes ao São João de Salvador do ano passado ainda está atrasado e o festejo junino na capital corre o risco de ficar sem um de seus pilares: a música.

De acordo com o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), a dívida do governo do Estado sequer é conhecida, uma vez que o cálculo é feito a partir dos custos com a contratação de artistas, palco, som e iluminação, até agora não apresentados pelo Executivo baiano.

“O governo do Estado, nesse momento, se encontra inadimplente com as Festas Juninas de 2017. O Ecad já fez até algumas reuniões com eles para pagar isso. Falam que vão pagar, mas ainda não veio essa data”, afirmou o diretor de relações institucionais da entidade na Bahia, Márcio Moreira, em entrevista ao Metro1.

Crédito na praça – Diferentemente da prefeitura de Campina Grande (PB), que teve liminar do Ecad acatada pela Justiça devido a débitos acumulados por 15 anos, e da própria administração soteropolitana referente ao carnaval – situação considerada “mais crítica” por Moreira –, o governo do Estado tem certa “tolerância”, ainda que esteja inadimplente.

“Temos a promessa de ser feito o pagamento”, estima Moreira. “Essa situação pode ocorrer em qualquer município ou mesmo em empresas privadas que porventura realizem festas sem o devido recolhimento dos direitos autorais”, explicou, ao acrescentar que a celebração de 2019 está na berlinda.

“Se o governo não honrar o pagamento de 2017 e 2018, possivelmente no próximo ano a gente deve acionar a Justiça para conseguir esses valores”, ressaltou.

Interior na forca – Alagoinhas, Amargosa, Camaçari, Cruz das Almas, Conceição do Jacuípe e Santo Antônio de Jesus têm tradição em dever os direitos autorais, “inclusive de festa junina” apontou o diretor do Ecad.

“São municípios que não recolhem os direitos autorais de seus eventos. A gente já move ações contra essas prefeituras. Acredito que mais cedo ou mais tarde vai acontecer algo como em Campina Grande”, concluiu Márcio

Fonte/Reprodução: Metro 1
Foto : Elói Corrêa/GOVBA

05/06/2018

Saiu na frente! Viva Bem agora pode ser ouvido quando e onde você quiser



Programa de entrevistas, o Viva Bem vai ao ar de segunda a sexta, das 15h30 às 17h, na Serrana Líder FM 93.5
Com pouco mais de três meses, o Viva Bem já tem público fiel e desponta com grande audiência e participação/interação popular. Diário, o programa de entrevistas é apresentado pela jornalista Tamara Leal e vai ao ar de segunda a sexta, das 15h30 às 17h, na Serrana Líder FM 93.5, emissora do Grupo J.Sidney de Comunicação.

Para divulgar a agenda e conteúdo das entrevistas, a jornalista/apresentadora lança mão das redes sociais e agora inova com o podcast - plataforma online desenvolvida para abrigar o conteúdo (áudio) do programa.

“O Grupo J.Sidney é muito preocupado com a qualidade dos serviços e antenado com as tendências. A Serrana Líder FM tem site, página e perfil no Facebook e Instagram, WhatsApp para facilitar a comunicação com o ouvinte, aplicativo de celular e, agora, mais uma vez saímos na frente com o podcast do Viva Bem”, ressalta Leal.

Para o Dermatologista Maurício Marques, diretor médico da Clínica MilPeles, essa foi um excelente ideia. “O meu horário de atendimento choca com o do programa, algumas vezes até escuto, mas infelizmente não posso acompanhar diariamente o Viva Bem. Agora vou baixar o podcast e ouvir as entrevistas durante as minhas corridas matinais”, revela.

Utilizado pelas grandes emissoras de rádio em todo o mundo, o podcast é um player (arquivo de áudio). Gratuito e disponibilizado ao público geral, o podcast do Viva Bem está disponível no site www.serranalider.com.br já que nem todos podem acompanhar a transmissão no momento em que o conteúdo vai ao ar.

Sobre o Viva Bem 

Com foco maior nas áreas da Saúde, Educação, Empreendedorismo e Segurança Pública, o Viva Bem recebe professores, médicos, psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, advogados, músicos, gestores públicos, empreendedores, dentre outros profissionais, para tratar de temas diferentes e relevantes à sociedade.

Em seus mais de 90 programas, a jornalista Tamara Leal e seus convidados já trataram de temas diversos como: pneumonia, ansiedade, autismo, fé, família, drogas. Os diversos canais de comunicação são importantíssimos já que possibilitam ao ouvinte interagir e tirar as suas dúvidas no momento exato em que as entrevistas acontecem.

Fonte: Paraíso Urgente

04/06/2018

Homem morre ao colidir moto com carro na BA-417 em Serrolândia



Na noite deste domingo, 03, um homem ainda não identificado veio a óbito, vítima de acidente automobilístico na BA-417, na altura do distrito de Novolândia no município de Serrolândia.

Segundo informações, o homem colidiu a moto que pilotava frontalmente com um Gol e em seguida acabou sendo atropelado por uma caminhonete, tendo o seu corpo e rosto desfigurado.

Não há informações se o condutor do Gol ou passageiros ficaram feridos, devido a gravidade do acidente. O corpo o motociclista será recolhido para o Instituto Médico Legal de Jacobina.

Fonte/Reprodução: Augusto Urgente!


"Chapa majoritária está fechada e aliados já foram comunicados sobre a decisão", diz Rui



A chapa para candidatura à reeleição do governador Rui Costa (PT) já está fechada. De acordo com o petista, todos os aliados já sabem da formação, inclusive a senadora Lídice da Mata (PSB), que disputa uma das vagas ao Senado Federal. "Já conversei com todo mundo, inclusive com Lídice. Quero anunciar nessa primeira semana a chapa completa e todos estão cientes disso", disse o governador.

Rui ainda afirmou que o programa de governo será construído com os partidos, em reunião do conselho político, e deve ser apresentado a partir do dia 15 de julho. "Vamos organizar juntos, apresentar a partir do dia 15 (de julho) para a sociedade e ouvir.

Vamos fazer propostas com a sociedade, mantendo perfil de diálogo com a sociedade do nosso governo", afirmou. Questionado se a chapa majoritária formada por ele é a "de seus sonhos", Rui afirmou que não existe chapa dos sonhos. "Existe chapa real. Tenho certeza que o mais importante é o time estar unido e mobilizado e é o que iremos demonstrar ao longo da campanha", defendeu.

Fonte/Reprodução: Bahia Notícia
Foto: João Brandão / Bahia Notícias